terça-feira, fevereiro 18

Tag: Ciêntistas

Cientistas do Paraná criam membrana que desenvolve ossos, pele e cartilagem

Cientistas do Paraná criam membrana que desenvolve ossos, pele e cartilagem

Ciência
No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é capaz de desenvolver tecidos de pele, ossos e cartilagem. Os pesquisadores criaram uma estrutura em plástico biodegradável na qual as células animais se desenvolvem e reproduzem no formato da estrutura biológica desejada. Ou seja, eles formataram uma membrana que pode ser desenhada em qualquer formato na qual as células vivem e se reproduzem. Essa membrana é formada a partir de celulose, portanto, de matéria natural, e utiliza pouco processamento químico para que o impacto ambiental e biológico seja o menor possível. Como teste, os desenvolvedores do projeto fizeram uma orelha em impressora 3D e aplicaram as células, que formaram uma orelha animal. Os estudos estão sendo realizados provisori
UFBA cria teste que detecta coronavírus em 3h

UFBA cria teste que detecta coronavírus em 3h

Ciência
Cientistas da UFBA descobrem teste que detecta coronavírus em 3h; o grupo formado por pesquisadores da federal já havia sido pioneiro na descoberta do zika vírus Pesquisadores da Universidade Federal da Bahia (UFBA) descobriram uma forma mais rápida de identificar a presença do coronavírus no corpo. As 48 horas de espera pelo diagnóstico foram reduzidas para 3, com o uso de um equipamento chamado Real-Time. “Estamos felizes com o resultado, torna tudo mais rápido”, comemorou o virologista Gúbio Soares, coordenador do grupo de pesquisa. O equipamento, que custa R$ 150 mil e foi importado dos Estados Unidos em dezembro do ano passado para o Laboratório de Virologia da universidade, é capaz de verificar se o material genético (RNA) da secreção respiratória contém o gene do coronavíru
Centenas de estrelas sumiram e ciencia não sabe explicar

Centenas de estrelas sumiram e ciencia não sabe explicar

Curiosidades
Centenas de estrelas sumiram e ciencia não sabe explicar; uma pesquisa detectou que pelo menos 100 feixes de luz que haviam aparecido em meados do século XX desapareceram atualmente Um grupo de astrônomos está querendo quebrar paradigmas a respeito da suposta estabilidade da galáxia e seus bilhões de estrelas por meio de uma pesquisa na qual detectaram que pelo menos 100 feixes de luz que haviam aparecido em meados do século XX desapareceram atualmente. Em meio a um projeto chamado VASCO, o referido grupo de astrônomos efetuou a comparação de pesquisas de 70 anos com imagens mais atuais do céu noturno para tentar descobrir o que poderia estar acontecendo. Depois de muitos anos de pesquisa, eles publicaram os resultados dos seus estudos no Astronomical Journal. Os tais feixes de
Cientistas criam rim biônico que dispensa máquina de hemodiálise

Cientistas criam rim biônico que dispensa máquina de hemodiálise

Notícias
Cientistas dos Estados Unidos estão preparando um rim artificial para implantar em doentes renais. Ele funcionará segundo a pulsação do coração dos pacientes e os liberará das máquinas de hemodiálise O rim está sendo desenvolvido por um grupo de universidades americanas sob o nome de Projeto do Rim (The Kidney Project - https://pharm.ucsf.edu/kidney) e será capaz de filtrar o sangue da pessoa com insuficiência renal continuamente, sem a necessidade de visitas ao hospital para sessões de 3 a 5 horas, como ocorre atualmente. O novo rim artificial oferecerá uma nova esperança às pessoas cujos rins já não podem atender às necessidades do corpo e que estão à espera de um transplante. "Estamos criando um dispositivo bio-híbrido que pode imitar o rim e é capaz de eliminar resíduos sufici