sábado, maio 8
Shadow

INMETRO aprova telhas que geram energia solar

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)

O INMETRO liberou as vendas de telhas que geram energia solar, criadas pela empresa Eternit; veja

Com o verão chegando no Brasil, a maior preocupação dos consumidores é a sobre economia de energia, pois os gastos aumentam com a utilização de ventiladores e ar condicionado, mas essa notícia do Inmetro, deve aliviar o bolso de muitas pessoas.

Foi aprovado pelo órgão, a comercialização de telhas de concreto capaz de gerar energia solar no Brasil. A Eternit, empresa que fabrica a telha, prevê o início das vendas para o segundo trimestre de 2021, e já disponibilizou o material para alguns consumidores para projeto-piloto. As telhas possuem pequenas placas fotovoltaicas em sua parte superior, são mais econômicas que a instalação de painéis solares.As placas medem 36,5 cm por 47,5 cm e cada uma é capaz de produzir 1,15 kWh por mês.
Como exemplo, imagine que uma casa pequena precisaria de 150 telhas, que gerariam 172,5 kWh por mês, enquanto casas maiores precisariam de 600 telhas, gerando 690 kWh por mês. Mas tudo depende da incidência de sol na região.A economia gerada com as telhas, segundo a Eternit, pode chegar a 20% em relação aos painéis solares.
O investimento da compra e instalação das telhas se pagaria e começaria a dar retorno após 3 ou 5 anos de uso.Com tecnologia é 100% nacional, os produtos estão sendo produzidos na fábrica Tégula Solar, que pertence ao grupo Eternit, no interior de São Paulo.

Cursos online gratuitos

Também publicamos matérias com cursos gratuitos de várias instituições, confira abaixo:

  1. USP
  2. UNICAMP
  3. ITA
  4. SENAI
  5. Sebrae
  6. Harvard

Também temos diversas bolsas de estudo EAD em mais de 1.200 faculdades de todo país, confira aqui e estude a distância e sem risco: https://estagioonline.com/bolsas-estudo

Desejamos sucesso em sua jornada!


Imagem em destaque: Foto/Reprodução internet

[24horas-criteo-lomadee]

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)

4 Comments

Comments are closed.