quinta-feira, janeiro 20
Shadow

Alemanha cria cápsula abrigo para pessoas sem-teto, que protege do frio intenso e conta com energia solar

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)

O problema social de pessoas em situação de rua ao menos nas grandes metrópoles, é arcaico. Pensando nisso, nasceu o projeto de cápsula abrigo para sem tetos, desenvolvida pela equipe do projeto Wilhelmsbüro da Alemanha decidiu achar uma solução sustentável, tecnológica e moderna.

A ideia era dar melhor condições de sobrevivência destes moradores de rua – afinal de contas são seres humanos e necessitam de atenção. À margem direita do mundialmente famoso rio Danúbio, ao oeste da Baviera, fica a cidade de Ulm.

A prefeitura da cidade pensando no bem-estar destes cidadãos, decidiu encontrar uma forma de ajudá-los, sobretudo na época de grandes baixas de temperatura. E, se tratando de Alemanha, é sabido que normalmente é bastante fria e húmida, como também boa parte da Europa.

Normalmente governos estatais e municipais, possuem abrigos comunitários para cidadãos que vivem desta forma, em pelo menos boa parte do globo. Mas sabe-se que nem todos se submetem às regras de conduta, horários regulados e acabam preferindo ficar nas ruas.

No caso dos abrigos públicos da cidade Ulm, por exemplo, ocorrem restrições séries e rígidas. Não podem animais, horários estritamente regulados e alguns requisitos, como a comprovação de que reside formalmente na cidade. Além de não poder possuir vínculo com drogas. A preocupação dos governantes é com o bom convívio entre eles e a garantia da paz geral. Tudo para que não ocorram problemas com a estadia dos moradores de rua.

Wilhelmsbüro

O Wilhelmsbüro é um conjunto de Startups pertencentes ao projeto Stürmt die Burg, que seria a ocupação da fortaleza de Ulm. Um complexo que fazia parte das Fortalezas Federais da Confederação Alemã, construída entre 1842 e 1859.

A intenção foi de revitalizar o entorno da fortaleza abrigando Startups para o desenvolver negócios e para a fortaleza não ficar às traças, já que ficou praticamente desativada desde os anos de 1980.

Ela conta com 2 Startups de tecnologia e design. Com foco em criar um ecossistema promissor para novos futuras empresas de impacto.

Eles foram incubidos com a missão de identificar e criar soluções para os problemas enfrentados pela população. E uma delas foi a cápsula abrigo, chamada de Ulmer Nest, em tradução livre do alemão, significa ninho de Ulm.

As duas Startups, Bootschaft, responsável pelo design de experiência do usuário UX/ UI, e, a Resistor and Sons, responsável pelos hardwares e software do cápsula. Junto ao Cientista da computação Florian Geiselhart responsável pelo sistema digital interativo centrado no usuário.

Cápsula abrigo ou Ulmer Nest

Ao todo foram 6 pessoas integraram a equipe interdiciplinar do projeto:

  • Patrick Kaczmarek Design de produto
  • Florian Geiselhart Desenvolvimento de software
  • Falko Pross Desenvolvimento Web
  • Manuel Schall Desenvolvimento de software
  • Dirk Bayer Desenvolvimento de hardware
  • Kathrin Uhlig Interface do usuário e design de experiência do usuário

A primeira etapa foi realizar a pesquisa de campo para entender as dores e necessidades destas pessoas em situação de rua, uma vez que ninguém da equipe possuía alguma experiência. Foram entrevistadas pessoas da cidade, moradores de rua e também com as responsáveis sociais Franziska Vogel e Sabine Schwarzenböck.

O projeto da cápsula iniciou em 2018, quando foi apresentada a ideia. Ele se espelhando em um formato de casulo, sendo para uso individual, ou até duas pessoas e mais um espaço para pets.

Assim que a equipe da Wilhelmsbüro recebeu a proposta para trabalhar numa solução para a segurança dos moradores de rua, foram desafiados a criar e executar o projeto em tempo recorde.

“É, agora estou sentada aqui no ninho de Ulm, 35 horas de trabalho em algo altamente complexo. E o que mais me fascina é que para um problema tão complexo, se encontre uma solução não apenas funcional e tecnicamente sólida, mas que inclua muitas facetas como a comunicação e o envolvimento de uma ampla gama de atores. Ótimo. E estamos ansiosos para continuar a trabalhar nisso e torná-lo realidade” – Franziska Vogel

Tecnologia e Segurança       

Apesar de sua base ser madeira, o Ninho de Ulm, é completamente resistente ao tempo, chuva, neve, fortes ventos e mais importante, aconchegante. Dando as pessoas sem um lar, um pouco de segurança e comodidade.

O Ulmer nest conta com sistema de comunicação desenvolvido especialmente para ele, que permite aos usuários do ninho, solicitar serviços como limpeza e informar quaisquer problemas que possam enfrentar. Além de ser seguro e quente, ele possui energia solar para recarregar todo o sistema e Wi-fi. Esse último, não poderia faltar, não é mesmo?

A equipe levou o protótipo às ruas para ver a reação e opinião das pessoas e principalmente daqueles que iriam poder usufruir dos serviços, os moradores de rua na praça de Munique. Para fazer correções e melhorias. E como pode-se imaginar a aceitação foi muito grande. Hoje já estão sendo instalados aos poucos as cabines pela Alemanha.

Fonte: Ulmernest 

Isso que é a materialização do que conhecemos como empatia e que bom saber que existem projetos tão bacanas assim no mundo que visam o bem-estar do outro.

Confira o vídeo do projeto. E conte pra gente a sua opinião!

WILHELMSBUERO | SESSION#3 from Wilhelmsbüro on Vimeo.

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)