sexta-feira, dezembro 9
Shadow

Costureira conserta bonecas do lixo e transforma Natal de crianças

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)

Chiquita Costureira decidiu transformar o Natal de crianças que sonham com bonecas novinhas.

A costureira de 67 anos, conhecida como Francisca Monteiro Alves, moradora do estado de Espírito Santo começou a consertar bonecas e ursos de pelúcia encontrados no lixo para fazer a diferença no Natal de crianças.

Essa inspiração veio da época que ela era criança, quando vivia junto de 6 irmãos em Minas Gerais. Eles passavam por necessidades e não tinham brinquedos para o Natal.

Ela conta também que mesmo tendo costurado a vida inteira, só foi ter a ideia de consertar bonecas em 2016.

Quando viu a felicidade das crianças brincando com as bonecas que ela doou, viu que essa era a motivação e decidiu proporcionar cada vez mais sorrisos.

Dona Chiquita Costureira conta:

“Eu tinha muitos retalhos, arrumei algumas bonecas velhas, revirei até no lixo, consertei todas e doei 43 bonecas.

Foi quando eu pude ver os sorrisos das crianças e decidi que faria isso sempre, cada ano em uma comunidade diferente. Em 2018, fiz 111.

“Já em 2019, consegui bonecas em condições péssimas. Acho que por conta de chuvas e alagamentos. Mas recuperei, mesmo as piores, e as deixei bem bonitas”.

Somando todos os brinquedos como ursos e bonecas, agora em 2019 ela conseguiu consertar mais de 200.

Também já doou 30 para crianças de Vila Velhas – Espírito Santo.

“Ainda tenho 180 em casa, que serão entregues em Novo Horizonte, Cariacica”.

Veja abaixo uma imagem das bonecas consertadas:

bonecas_lixo2

E você, o que achou da atitude da Chiquita Costureira? Por um mundo com mais pessoas ajudando o próximo e permitindo que crianças necessitadas tenham um Feliz Natal e não se esqueça de compartilhar o artigo em suas redes sociais!

Também temos diversas bolsas de estudo em mais de 1.200 faculdades de todo país, em todas as áreas, inclusive em Engenharia e Energia, confira aqui: https://criativetech.com/bolsas-estudo


Fonte: A Gazeta

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)