quarta-feira, junho 23
Shadow

Curiosidades: os 10 lugares mais perigosos do mundo

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)

Você conhece os lugares mais perigosos do mundo? Se não, confira agora mesmo quais são neste artigo de curiosidades feito pelo Criative Tech

O planeta Terra possui lugares tão perigosos que poucas pessoas podem visitá-los, alguns desses lugares até mesmo são proibidos! Ficou curioso? Veja abaixo quais são:

10- Ilhas de Izu

Vamos começar a lista com esse grupo de ilhas do Japão, são mais de 12 e são consideradas super perigosas, pois possuem um nível de atividade vulcânica muito alto!
Isso acontece, porque naquela região tem o encontro de três placas tectônicas. No ano 1953, ocorreu uma erupção que matou 53 pessoas. No ano de 2000, as pessoas que moravam perto, tiveram que evacuar a área às pressas por conta dessa atividade.
Esse pessoal só pôde voltar para as ilhas cinco anos depois, e mesmo assim suas vidas não voltaram ao normal. Todos eles precisam usar máscaras para medida de proteção conta a alta emissão de gases tóxicos que emite na região.

9- Lago Fervente

As águas desse lago podem chegar à temperatura de 90 graus Celsius apenas em sua margem! Já imaginou a temperatura em outros pontos dele? Parece impossível até para medir, pois o lago está sempre fervendo.
Outro perigo presente no lugar, são as pedras em volta do lago que são muito escorregadias, o que deve manter os visitantes bem cuidados, mesmo que estejam ali apenas para tirar fotos, afinal, ninguém quer cair numa banheira fervente gigante para morrer cozido, né?

8- Cratera de Darvaz

Conhecido como “A Porta do Inferno”, esse lugar é mesmo tão apavorante como o próprio inferno! A cratera foi descoberta em 1971 por alguns cientistas da União Soviética.
Os cientistas exploraram o local em busca de petróleo, mas ao perfurar o solo, a terra cedeu revelando uma cratera que exalava gases tóxicos. Por causa dos gases que chegaram a se espalhar pelo vento, pessoas que moravam próximo do local acabaram falecendo.
Para resolver o problema, os pesquisadores resolveram queimar os gases tóxicos, pois acreditaram que alguns dias depois o fogo acabaria. Mas como já sabemos, o incêndio na cratera permanece até hoje, 43 anos depois.

7- Caverna dos cristais

Inicialmente, a ideia em ver de perto cristais com 11 metros de altura, 4 metros de diâmetro e que pesam 55 toneladas, parece incrível. Entretanto, isso pode não ser tão bom assim, já que para visitar essa caverna com cristais gigantes, você precisaria enfrentar uma temperatura de 50 graus Celsius, além de inalar as maiores quantidades de zinco, prata e chumbo do mundo.
Essa caverna perigosíssima está localizada em Chihuahua, no México. Os especialistas dizem que uma pessoa sem os devidos equipamentos não sobreviveria lá dentro por mais de 10 minutos.

6- Deserto Fumegante

Esse deserto é diferente de todos os outros do mundo, ele é localizado na Islândia, em uma montanha vulcânica. No deserto, encontra-se diversas lamas de vulcão que estão sempre fervendo, que soltam vapor tóxico para os seres humanos.
Quem já visitou o lugar, disse também que não possui um cheiro muito agradável, tendo um grande odor de enxofre.

5- Lago Nyos

Esse lago é extremamente perigoso, suas águas estão repletas de dióxido de carbono, que é um gás asfixiador para qualquer ser humano. Quando há uma maior liberação desse gás, ocorrem acidentes fatais, como o que aconteceu no ano de 1986.
Naquele ano, a liberação de gás do lago foi tão grande que matou mais de 1800 pessoas que viviam nas redondezas do local e, também matou diversos animais.
Nyos está localizado em Camarões, no Monte Oku. Se um dia você for passear por lá, é melhor ficar longe desse lago.

4- Prypiat

Quem não conhece o acidente nuclear de Chernobyl no ano de 86 em Prypiat, na Ucrânia? Esse foi o maior desastre nuclear da história, causando diversas mortes e feridos, fazendo com que 200 mil pessoas tivessem que evacuar as regiões do local.
O lugar é tão perigoso que mesmo depois de 29 anos, ele continua emitindo altas taxas de radiação, causadallela explosão do reator de Chernobyl. As visitas ao locais são permitidas apenas com roupas especiais, e a permanência não pode ser mais de 10 minutos.

3- Ilha da Queimada Grande

Chegamos ao top 3 dos lugares mais perigosos do mundo, e o terceiro da nossa lista é a ilha considerada o segundo local do mundo com maior números de cobras. Sim, estamos falando da Ilha da Queimada, localizada aqui no Brasil, no litoral de São Paulo.
Já imaginou dar um passeio por lá? Mas você jamais poderia ir, a não ser que seja um cientista autorizado pela Marinha do Brasil. As visitas de pessoas comuns são extremamente proibidas, pois o número de cobras nessa ilha, para se ter uma noção, é de até 5 por metro quadrado. Sendo assim, dá até um alívio do local ser proibido para visitas… eu não teria coragem, e vocês?

2- Jardim Venenoso

O nosso segundo colocado, é o Jardim Alnwick, que fica no Norte da Inglaterra. Ele é repleto de plantas tão venenosas que são capazes de matar uma pessoa.
O jardim foi criado por Helen Percy, uma duquesa da região. Ela escolheu as espécies mais perigosas que existem para compor o seu jardim mortal. Nele encontram-se mais de 100 espécies de plantas exatamente venenosas.
Apesar de estranho, a duquesa recebeu uma licença especial do governo britânico para criar o jardim. Para visitá-lo, as pessoas são obrigadas a usar equipamentos de proteção, como Lucas e máscaras. Quer encarar?

1- Rio Bolton Strid

Também conhecido como riacho assassino por ter muitos registros de mortes, o rio Bolton Strid é o lugar mais perigoso do mundo O riacho é bastante traiçoeiro, para as pessoas que não o conhecem, ao vê-lo em uma caminhada, por exemplo, podem achar que o rio é tranquilo, mas é aí que se enganam.
Apesar da parecer um córrego, o riacho é muito fundo e possui fortes correntezas, o que causa uma taxa mortal impressionante: 100% das pessoas que resolveram tomar um banho no Bolton Strid, não voltaram nunca mais de suas águas.

Gostou? Ajude a compartilhar! ;)